Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Panterices

Um blog para quem, como eu, gosta de gatos e adora gatos pretos!

Panterices

Um blog para quem, como eu, gosta de gatos e adora gatos pretos!

À beira-mar

Junho 30, 2017

Este fim-de-semana o Parque da Cidade (Porto) vai estar ao rubro com o Festival da Comida Continente. 

 
Quem preferir dar um saltinho à beira-mar sugiro este livro, mesmo a combinar!
 

Kafka-a-Beira-Mar.jpg

 

"Kafka à Beira-Mar" narra as aventuras (e desventuras) de duas estranhas personagens, cujas vidas, correndo lado a lado ao longo do romance, acabarão por revelar-se repletas de enigmas e carregadas de mistério. São elas Kafka Tamura, que foge de casa aos 15 anos, e Nakata, um homem já idoso que nunca recupera de um acidente de que foi vítima quando jovem, que tem dedicado boa parte da sua vida a uma causa – procurar gatos desaparecidos. Neste romance os gatos conversam com pessoas, do céu cai peixe, um chulo faz-se acompanhar de uma prostituta que cita Hegel e uma floresta abriga soldados que não sabem o que é envelhecer desde os dias da Segunda Guerra Mundial. Trata-se de uma clássica e extravagante história de demanda e, simultaneamente, de uma arrojada exploração de tabus, só possível graças ao enorme talento de um dos maiores contadores de histórias do nosso tempo.

 

Minha gata, minha guru

Junho 28, 2017

Imagine que está a chegar a casa, depois de um dia de trabalho. Ou esteve 3 dias fora de casa. Aconteça o que acontecer, a seu gata vai recebê-lo sempre da mesma maneira – está junto da porta, tenta sair enquanto você abre a porta, segue para a cozinha enquanto você fecha a porta e fica à sua espera, deitada de barriga para o ar, junto à máquina de lavar a louça, à espera de festas na barriga e quando faz as festas ouve o ronronar mais delicioso desde planeta. Depois vai até ao arranhador esticar as patas. É espantoso, não é?

 

A minha pessoa, porém, nunca gostou muito de gatos. Até ao dia em que conheci o Bigodes* e a Riscas*. No dia em que o meu filho me diz que é o único da turma que não tem um animal de estimação senti um aperto no coração tal que lhe disse "O cão precisa de muita atençao, muitos passeios à rua e nós não temos vida para ter um cão. Mas podemos ter um gato." Coincidiu com a altura em que a Riscas teve outra vez filhotes*.

 
Dessa vez a Riscas escolheu a nossa garagem para ter a ninhada. Nasceram 4. 1 foi morto por um gato malvado que entrou na garagem. Ficaram 3 e dos 3 o filhote escolheu o seu preferido. Um gato preto que na altura não sabiamos se era gato ou gata.
 
Entra assim em cena a Pantera, uma gata Europeu comum, de pelagem preta, com os olhos verdes mais cativantes deste planeta. Já não sabemos viver sem ela.  
 
O texto acima foi inspirado no resumo do livro "Meu cão, Meu guru", mas o melhor será mesmo ler o original aqui
 
Publicado pela Lua de Papel, "Meu cão, meu guru" é a novidade desta semana nas livrarias.
 

350_9789892339160_meu_cao_meu_guro.jpg

 

Escrito por Gilles Moutounet, o autor é fã de cães, e muito provavelmente não lê este blog, mas não faz mal que eu não sou pessoa de guardar sentimentos negativos e escrevo na mesma sobre o livro que escreveu

 

*Todos os gatos da ninhada da Riscas encontraram um lar. A Riscas foi adotada e esterilizada. O Bigodes continua na rua, está velhinho e muito mijão. Continua com ração e uma casota cá fora para dormir. 

 

 

 

 

Bora lá de férias! E quem tem patudos?

Junho 16, 2017

Quando era criança tive 3 piriquitos. Um azul, um verde e um amarelo. O azul e o amarelo conseguiram fugir da gaiola, ficamos com o verde. Quando chegou as férias foi connosco. Lembro-me perfeitamente de uma tarde ter ido dar um passeio a Amarante e a gaiola ficou no carro. Estava um dia de sol, calor...não andamos muito. O meu pai quis voltar para trás e quando chegamos ao carro estava o piriquito com as asas abertas (ai! asneira da grossa corrigida a tempo). Naquela  tarde fomos olhados por muitas pessoas, não sei se pela positiva ou pela negativa...andavamos a passear com a gaiola!! Cada um passeia com o animal de estimação que tem 

 

Gato e hotel (infelizmente) não combinam. O melhor é pedir a alguém de confiança que vá a casa limpar a areia, mudar a água, dar um pouco de mimo... no fundo, verificar que está tudo bem com o nosso felino. Deixo-vos os conselhos da União Zoofila

 CAT-03-KH0457-01P.jpg

 

Quem tem cão está com sorte! Cada vez existem mais hotéis que aceitam os patudos.

Sem Título.jpg

 

Nas férias procure uma solução para o(s) seu(s) animal(ais) de estimação.

Abandonar não é uma delas.

 

no-abandone-o-seu-animal-no-vero.jpg

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D